Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

TEXTOS EM PROSA

Textos pessoais em prosa, citações de livros, letras de músicas, vídeos especialmente de "dance- music", comentários a certo tipo de imprensa etc.

TEXTOS EM PROSA

Textos pessoais em prosa, citações de livros, letras de músicas, vídeos especialmente de "dance- music", comentários a certo tipo de imprensa etc.

rádio, televisão, tradução

Nas rádios e televisões e nas traduções de filmes predomina, actualmente, o calão das telenovelas brasileiras e das portuguesas (faltando nestas apenas o sotaque) , daí que sejam os programas de rádio e de televisão boas oportunidades de trabalho para os refugiados da matemática, sendo apenas de estranhar que os ditos tenham conseguido passar a porta estreita da língua portuguesa: provavelmente quem os deixa passar são, também eles, refugiados...

Ainda há pouco Júlio Heitor falando sobre a luta contra o cancro dizia "Um problema que ninguém passa despercebido", é de supor que o «portugalês» animador de rádio da RFM diria em português «um problema que a ninguém passa despercebido».  

Há dias na tradução de um filme lia-se "então agora estás numa de transcendente!"
«Então agora deu-te para o transcendente!» seria uma tradução mais elegante e em português escorreito se a tradutora conhecesse semelhante língua...

NAVEGAR À BOLINA

«Por que caminho é que seguimos? Será que sabemos para onde vamos? Na vida, para chegar a bom porto, não é possível navegar sempre à bolina. É preciso saber aonde o vento nos leva.»
Chamei a atenção da pessoa que escreveu este texto para o facto de que navegar à bolina não tem o sentido que a autora sugere, tornando-o por isso absurdo.
A animadora de rádio, a pessoa em questão, e um seu colega de profissão insinuaram que eu não sabia ler, ou seja, a menina não aceitou a ajuda que eu lhe prestei.
Vem isto a propósito da seguinte afirmação, lida, hoje, aos microfones da RFM , pela mesma pessoa:
« Só tem direito de criticar quem está disposto a ajudar»
Eu diria que só tem direito de criticar quem estiver disposto a ser criticado.