Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

TEXTOS EM PROSA

Textos pessoais em prosa, citações de livros, letras de músicas, vídeos especialmente de "dance- music", comentários a certo tipo de imprensa etc.

TEXTOS EM PROSA

Textos pessoais em prosa, citações de livros, letras de músicas, vídeos especialmente de "dance- music", comentários a certo tipo de imprensa etc.

Vergilio Ferreira - conta-corrente 4



21 - Dezembro (terça). Levantar cedo para ir à garagem levar o carro ao médico. Regressar a casa para empacotar prendas em embrulhos. Depois, ida ao correio carregado. Depois enfileirar numa bicha dos registos, em feitio de Pai Natal. Aguentar aí meia hora e ser atendido enfim. Depois mudar de bicha, aguentar aí mais meia hora, porque há que ir receber as massas de uns vales. Depois mudar de bicha outra vez, mas na Caixa Geral de Depósitos. Depois, mudar ainda de bicha, mas na padaria para o sustento familiar. Depois enfileirar não numa bicha mas na sarrabulhada de um quiosque por causa dos jornais. Depois mudar ainda de bicha, mas na cantina para o sustento próprio. Depois regressar a casa , mudar de roupa, acender o radiador e passar, se possível, pelas brasas de uma sesta. Depois alegrar-me no coração, porque o Natal vem aí, cheio de ternura doméstica.

Vergilio Ferreira, conta-corrente 4, pags. 165/6.